O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

Bolsonaro na calçada da fama de Hollywood


Vocês podem espernear, mas nunca, nem Lula (“O Cara” segundo Obama) conseguiu ser mais conhecido e representado lá fora do que Bolsonaro!


É disparado o presidente brasileiro mais citado, observado.


“Nunca na história deste país” se viu algo assim.


Esqueça a ovação a Lula na França, Argentina etc e tal.


Jamais um líder brasileiro causou tanto espanto quanto o Jair...


Estupefação mesmo. Assombro, pavor.


Uma figura tão surreal, que é a caricatura perfeita para todo tipo de alegoria.


Nem Hollywood se conteve.


Quer dizer até a Netflix foi atraída pelo canto da serpente Bolsonariano.


Irressistível.


O novo Blockbuster da maior rede de streaming do mundo (lá vou eu colocando aparentes antagônicos no mesmo espaço: Hollywood-Blockbuster-Netflix. É que no fundo são a mesma coisa, usam a mesma estrutura em formato e apresentação diferentes. TUM DUM!) é inteiramente inspirado no “Mito” brasileiro.


Fato é que o filme “Não Olhe pra cima” vai pagar royalties a Bolsonaro.


O presidente brasileiro tem papel interpretado pela premiadíssima Meryl Streep.


Aqui a única parte que discordei da transposição da vida para a arte. Injusto aplicar uma personalidade desprezível dessas a uma mulher, mas...


No elenco de estrelas, Dicaprio (aquele que mandou tacar fogo na Amazônia para prejudicar o governo brasileiro. Mas para integrar o filme, parece que ele e Jairzinho fizeram as pazes), Jeniffer Lawrence, Cate Blanchet e otros más.


Voltando a personagem de Bolsonaro, digo Streep, Orlean é uma inepta, vaidosa, ignorante, desprovida de humanidade e serviçal do mercado.


Reza a lenda que, na cessão dos direitos biográficos, Bolsonaro colocou uma cláusula intransponível: a presença de um papel fazendo às vezes do filho Carluxo, o zero alguma coisa na escala de mediocridade familiar.


Bingo. Coube a Jonah Hill, interpretando Jason, fazer às vezes do filhote de papai, no caso mamãe, assessor direto presidencial.


Ah, falando em Carluxo, tem também gabinete do ódio, milícia digital, grupo de contra e desinformação na tela. Uma rede para inflamar a catarse, alimentar a fúria contra o outro e manter a obtusidade coletiva.


Até Gabinete Paralelo de especialistas negacionistas são fielmente retratados: de Tamagochi, Yamaguchi (sempre me atrapalho com o nome dessa cidadã) a véi da Havan.


Todo mundo teve sua ponta, direito a seu minuto de inglória hollywoodiana.


Até o judiciário entrou na roda, digo no filme.


Não teve menção direta ao “ministro terrivelmente evangélico”, mas uma alfinetada ao critério técnico de indicações ao Supremo.


Teve representação até do Bolsonarista enrustido, aquele tipo neutro. Como se fosse razoável pagar de isentão sendo empurrado ao precipício.


Ainda bem que Bolsonaro proibiu eles de falarem explicitamente no Nióbio, nossa riqueza mais preciosa. Citaram outros minérios como ambição do mercado apenas para camuflar, mas tudo o que querem é a pedra da obsessão do visionário brasileiro.


Precipitados, colonizados irão dizer que o roteiro do filme também poderia se aplicar a Trump e não dá para cravar que a referência seja total a Bolsonaro?!?!


Imperialistas. Mania eurocêntrica norte americana (se é que isso é possível). Tudo querem pra eles.


Por isso usaram praticamente, apenas imagens, símbolos e territórios dos EUA na película, como sempre, mas agora nosso Messias tem um Independence Day para chamar de seu.


Aí agora você também vai cair na alegação de que nosso presidente bate continência para a bandeira do Tio Sam, que lambia botas de Trump, que financia loja de Estátua da Liberdade etc e talz.


Meros detalhes.


Querem se apropriar da nossa história, roubar o sucesso mundial de Bolsonaro.


E vocês aí vão aceitar?


Esse complexo de vira-latas que não nos deixa alcançar o progresso!


Olhem bem "para todos os lados" e corram pra ver.

72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!