O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

BRASIL TIPO EXPORTAÇÃO

Vc sabia que o Brasil é o maior exportador de celulares "seminovos" para a África??

Chega de commoditties.


Enfim o Brasil ultrapassou a fase de produzir apenas insumos, matéria prima crua, sem manufaturamento.


Somos industrializados.


O maior produto exportação do Brasil, no momento, é o CELULAR.


A rota não é o "caminho das Índias", mas a "mama África".


Isso mesmo, nada de produto agrícola.


Aqui é tecnologia de ponta. O melhor disponível no mercado. E uma técnica toda desenvolvida em solo nacional.


Original do Brasil. “Yes, nós temos banana”, digo celular.


O problema é que, apesar de não se discutir a paternidade brasileira da tecnologia, há uma guerra de patentes.


Deu na FOLHA que a maior empresa do ramo é o Primeiro Comando da Capital.


Reza a lenda que o PCC teria obrigado os criadores originais da técnica a repassar em acordo comercial suspeito e não revelado o método e parque fabril.


Nem o Cade, nem o Instituto de registro de marcas e propriedades se pronunciaram sobre a questão, mantendo a contenda.


A maior organização criminosa do país dominou o mercado e dá uma aula de beneficiamento do produto para fazer inveja aos maiores e mais portentosos conglomerados industriais do mundo.


Extrai o máximo de lucro em várias frentes.


Uma aula de agregação de valor.


Nunca "um produto genuinamente nacional" foi tão bem explorado.


De fato a única economia criativa em escala industrial no Brasil é o crime organizado.


A técnica consiste em roubar, quer dizer, se apropriar do aparelho celular no centro de São Paulo, aplicar golpes no próprio “cedente” e depois encaminhar o produto para ser comercializado na África.


Mas isso, por enquanto...


Já se estuda expandir a técnica e modelo de negócio em novas franquias pelo país.


Descentralizar a unidade fabril.


Toda metrópole brasileira vai ter uma filial do ramo de celulares do PCC.

Bastidores de mercado indicam que o principal foco de expansão seria João Pessoa, dada a sua privilegiada localização geográfica, como ponto mais oriental das Américas, portanto mais próximo da África, facilitando a logística de escoamento da produção.


Tudo antes do pôr-do-sol.

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!