O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

“DEUS NOS PROTEJA DA MALDADE DESSA GENTE BOA...”



Eu não espero que a Igreja Católica, os protestantes, neopentecostais, ou qualquer outra denominação contrarie seus dogmas e crenças, jamais. Espero apenas o dia em que estas religiões deixem de tentar impor seus princípios a toda a humanidade!


O aberrante episódio envolvendo a menor, que engravidou vítima de estupro do tio no Espírito Santo, revela que o pensamento cristão ainda subentende-se detentor dos ditames e normas sociais, para muito além dos seus espaços religiosos. Tal qual o faz desde a Idade Média...


Para quem não acompanhou a história passo a passo... fato é que um grupo de religiosos de uma ala católica foi até o Hospital em Recife, para onde a menina veio transferida do estado capixaba (já que lá nenhum médico se habilitou a fazer o procedimento, mesmo com autorização do Tribunal de Justiça local). Sobre isso vale outra abordagem, mas sigamos...


Os tais “servos de Deus” se reuniram na unidade hospitalar pernambucana exigindo a não realização do aborto, entoando cânticos cristãos e dirigindo impropérios ao médico responsável pelo procedimento, a quem chamavam de assassino!!


Muitos, na frágil tentativa de amenizar a histórica postura invasiva, dominadora inerente ao catolicismo, por exemplo, quiseram reduzir a ação a um grupo radical, ligado a tresloucada Sara Winter etc.


De fato, a líder da "seita bolsonarista" (que surpresa, não??) foi quem revelou destino e, criminosamente, até o nome da menor em suas redes sociais, mobilizando o contingente de fanáticos para realizar aquele grotesco espetáculo!


Mas não sejamos oportunistas!! Qual o pensamento global da “Santa Igreja Católica” sobre o episódio?? Ora, simples. Basta consultar a doutrina e dogma católico! Ou melhor, nem precisa tanto... A própria Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), órgão máximo do catolicismo no país, publicou nota considerando o aborto um crime hediondo e, pouco, quase nada se dedicando a analisar a situação da criança. Bom, a Igreja Católica se calar, fazer vista grossa, ou mesmo minimizar casos de abuso de menor não é nenhuma novidade aqui, ou em qualquer quadrante deste mundo cruel.


Mas pior que isso, você católico atuante, ou mero adepto por convenção, o que pensou sobre o episódio?? Se indignou ou se identificou com a manifestação??


Para completar o circo dos horrores lógico que não podia faltar a representação política! E coube a alguns parlamentares evangélicos fazer às vezes e também se solidarizar com a causa, comparecendo ao protesto...


Os manifestantes se julgavam defensores da vida! Mas a única vida a que defendiam era a de um feto, fruto de uma histórica violência contra uma criança de apenas 10 anos de idade, debilitada, mirrada no “baixo” dos seus 1,36m e pouco mais de 30 quilos, traumatizada por certo até o final da sua vida... vida que já começou a lhe ser retirada aos tenros 6 anos, época em que teriam se iniciado os abusos...


Agiriam assim caso se tratasse do filho de algum deles??


Não quero fazer os cristãos reinterpretarem que feto de 5,10 quantas semanas forem, 200, 500, a grama que pesarem, representam, ou não uma vida. Não é isso que está em jogo. Cada um carregue sua fé para o caminho que lhe convier.


Apenas entendam, ou sendo necessário, se sujeitem forçosamente as leis de um país laico conforme disposição constitucional! Sua crença não se sobrepôe a Legislação nacional!! Graças!!

56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!