O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

EXTRA! EXTRA! O MITO SOB OS HOLOFOTES - O que há por trás da popularidade Bolsonarista


Na semana passada foi divulgada mais uma pesquisa de aprovação do governo Bolsonaro!

O presidente cresceu significativamente em “satisfação nacional”!


Um dia antes o líder nacional discursava em solenidade da ONU!


Quase simultaneamente o presidente brasileiro aparecia na badalada lista da Revista Time entre as 100 pessoas mais influentes do mundo!


Siga esse cronograma, sinta o frisson, ouça o badalar dos sinos, mas principalmente leia além...


Assim, ditados aleatoriamente, sem contextualização, os fatos parecem a consagração do êxito do Bolsonarismo, mas não passa de uma bela exaltação à farsa, uma autêntica celebração à fraude!


Enquanto os fanáticos apoiadores vibram com os resultados do “mito”, a oposição engatou o discurso pronto e reducionista de associação da aprovação em solo nacional apenas ao auxílio emergencial.


Inegável a força que a “bolsa social da pandemia” tem no imaginário do povo quanto a uma gestão.


Quem sente fome é muito grato a quem sacia esta vontade, assim, é óbvio que o auxílio alavanca a popularidade presidencial.

Lula também se deleitou com estes índices via Bolsa Família... e como!!


Aí você pode me perguntar, mas para Bolsonaro a estratégia é inválida?? Não jamais. O problema é que isso nunca fez parte de qualquer programa de governo ou proposta política de fato de Bolsonaro, pelo contrário...


Mais que isso, Bolsonaro e seu governo queriam oferecer apenas 200 reais por pessoa durante a pandemia e só acatou os atuais 600 reais por briga da esquerda parlamentar!

Mas isso não importa ao povo, afinal, quem paga é quem leva os louros...


Fato é que Bolsonaro comprovou na prática a “butija” de votos que vale assistência social e, apesar de fingir que não, está sedento por um “programa pra chamar de seu”, para por a própria assinatura com a demagoga assinatura Bic e tudo o mais...


Problema é que a incompetência deste governo e os compromissos econômicos draconianos firmados com o mercado fazem naufragar, uma a uma, todas as propostas de novo programa assistencial engatilhadas.


Renda Brasil foi apresentado com pompas de maior assistência social da história e já foi sepultado junto a centenas de milhares de mortos pela pandemia! Agora apareceu o natimorto Renda Assistencial!


Enquanto isso o único programa perene, real segue sendo o Bolsa Família, alvo pré-eleitoral de toda ira de Bolsonaro e Bolsonaristas.

Mas outra questão central aqui, nestas linhas, era a tal aprovação do governo Bolsonaro além das “fronteiras da fome”!


Na ONU, Bolsonaro mais uma vez teve que recorrer a contumaz mentira em uma medíocre tentativa de ocultar sua inépcia e absurdos governamentais como a completa ausência de política ambiental, total negligência no combate a pandemia, fracasso econômico etc...


Sobre o ranking da Time, bem... qualquer observador que vá além do enunciado percebe que o texto ratifica apenas o poder do Bolsonarismo, a capacidade do “mito” em manter fiéis seus seguidores, mesmo com tanta inaptidão no cargo, como no combate ao Coronavírus e na postura autoritária.


Portanto, mais factível na realidade seria aceitar que a mediocrização nacional é maior, mais genérica do que aparenta. A simples e patética figura desse presidente é muito do nosso espelho social hoje... Um país de conceitos de fachada, de verdades nada relativas.

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

As “paraibadas” que colocam o Brasil no topo do mundo

Com todo respeito e admiração aos outros atletas (medalhados, ou não), mas vamos falar a verdade, né?? Os dois maiores momentos olímpicos brasileiros até agora lá na “Terra do Sol Nascente” foram Par

 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!