O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

FIQUE ATENTO - Tentativa de "anulação" da Justiça Eleitoral é uma boiada inteira passando


Tem boi na linha!


Aliás, tem uma boiada inteira passando...


Calma amigos, nem eu queria lembrar daquela figura deplorável do ex- ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales.


Mas o assunto aqui não é crime ambiental e, sim, crime político-eleitoral.


Querem “desmatar”, dinamitar, soterrar, solapar, sepultar a Justiça Eleitoral.


Enquanto ficávamos aqui e alhures a debater esta estapafúrdia idéia de voto impresso, golpe militar com “tanque-bufão”os abutres do Congresso seguiam e seguem movendo as peças no tabuleiro usando a própria estrutura democrática e fingindo legitimidade.


Agem “na calada da noite”, rápidos e sorrateiros para aprovar um Código Eleitoral completamente desfigurado.


Os senhores parlamentares resolveram levar a cabo a máxima: “legislar em causa própria” e vem agindo com urgência para alterar regras básicas como financiamento de campanha e crimes eleitorais.


OS projetos amorfos avançam...


Dentre as anomalias estão a redução da punibilidade de infrações como caixa dois, transporte de eleitores, compra de votos, divulgação de falsas pesquisas, liberação para uso de verba do Fundo Partidário ao bel prazer dos partidos, desmantelamento das cotas e coeficientes mínimos para representatividade nas candidaturas por partido etc.


O festival de permissividade, na prática, representa o total esvaziamento da Justiça Eleitoral. É a anulação de todos os avanços na fiscalização e busca de lisura do pleito.


Para se ter uma idéia, em outra frente, já no exercício do mandato, mesmo em casos de contas reprovadas, os políticos, não estariam, via de regra, obrigados a devolver recursos aos cofres públicos.


É a institucionalização do desbunde, da farra com recursos públicos, do deboche popular, do desmantelo das regras, do cambalacho total!


O mesmo parlamento que aprovou Fundo Partidário recorde de quase 6 bilhões de reais (com B de bola) para as eleições de 2022.


“Tá tudo dominado”!


O que querem os senhores deputados, senão frouxidão geral para retomar a velha política de cabresto, oligarquias, poderio econômico acima de tudo, de todos e de Deus, e toda espécie de indecência que fede a República Velha??


Elaboram leis planejando crimes??


Estariam adequando a legislação as características e necessidades dos hábitos criminosos locais??


E curiosamente tudo isso acontece com o presidente da Câmara Federal sendo um fiel aliado do líder da nação Bolsonaro, aquele mesmo que prometeu acabar com o Centrão.


Ao contrário, não só cooptou, como se misturou por inteiro.


Ora, o Centrão de onde ele nasceu, cresceu e chegou ao Planalto.


O mesmo Centrão, que ele fingia combater (e os fanáticos acreditavam), mas nunca esteve apartado. Apenas agora, despudoradamente, admite publicamente o enlace com os pares: “Eu sempre fui Centrão”. E chama para chefiar a Casa Civil, um dos patronos do bloco do fisiologismo nacional, Ciro Nogueira.


Tudo em casa e, mais do que nunca, os destinos do país nas mãos de uns pouco oportunistas, surfando ao sabor do vento, se vendendo ao valor do troco, votando para receber com juros nas próximas eleições.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!