O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

FRUSTRAÇÃO EM VERDE E BRANCO (Um ano para o Palmeiras esquecer)


No penúltimo dia do ano da graça de 2019, também tem breve análise/balanço do que rolou no esporte mais brasileiro de todos...


Os antigos “Palestra Itália” dividiram a desonra de representarem a grande decepção do ano nos campos do Brasil.


Fora o vexame retumbante cruzeirense (que já tratei aqui: https://tinyurl.com/u8tabvv), o Palmeiras foi o retrato da frustração em 2019!


Muitos podem se/me questionar como pode um time que obteve a terceira colocação na principal competição do país pode ser considerado um fracasso?!?! Vem comigo entender que tudo é questão de expectativa criada, perspectiva almejada e o time do Parque Antártica naufragou em ambas projeções...


Atual campeão nacional, detentor da maior folha salarial do país (18 milhões de reais mensais para manter o time) e nenhum, absolutamente nenhum título. Nem o estadual, que ficou com o rival Corinthians!


Sem “pagar de engenheiro de obra pronta”, quem me conhece e divide as informais “mesas redondas” de futebol comigo sabe que há anos considero superestimado este elenco e futebol palmeirenses!



Mesmo neste período de êxito alviververde (2 brasileiros e uma copa do brasil em menos de 4 anos) minha sensação é que o montante investido gerava menos do que indicava e, o que faltava de fato, era um concorrente a altura!!


Vejamos:


1- nestes anos em que o Palmeiras venceu o Brasileirão (alcançando a marca de decacampeão, com a unificação da CBF), o cenário do futebol nacional apontava o Grêmio como “jogo mais agradável do país” e, em todos estas temporadas, os gaúchos estiveram focados em competições mata-mata (ganharam uma Copa do Brasil, uma Libertadores, inclusive eliminando o mesmo Palmeiras em 2019 e estiveram em outras duas semifinais continentais), explicitamente relegando o Campeonato Brasileiro a segundo plano, em uma estratégia controversa, mas clara;


2- o outro virtual rival, único a poder bater de frente economicamente com a Academia, mais um “Tio Patinhas” do futebol tupiniquim, o Flamengo, ainda ensaiava a hegemonia que alcançou este ano, já dispunha de dinheiro, mas não conseguia traduzir isso na montagem de bons times (contratações desconexas, treinadores passageiros etc). Quando o Flamengo conseguiu fazer valer seu alto poder financeiro (mesmo ainda gastando menos que os paulistas), com contratações certeiras, a diferença entre os dois foi gritante, como este ano.


Uma simples e superficial observação sobre o milionário elenco palmeirense basta para ratificar esta percepção de plantel superestimado. Lucas Lima, Deyverson, Borja, Henrique Dourado etc fizeram algo no Palestra para valer as altas cifras que recebem (fora da capacidade orçamentária de 95% dos clubes nacionais)?? Típico do modelo Alexandre Matos de fazer futebol. Dinheiro jorrando, contratações a esmo, elencos estelares...



Mais que isso, até a “Tia Leila”, em sã consciência, vai admitir, mesmo que seja apenas intramuros do Allianz, que apesar dos relevantes 3 títulos nacionais durante a parceria, o projeto é um fracasso quanto ao que ambicionava! Desde que não conseguiu o desejado, sonhado título continental, aliás desde que não conseguiu sequer passar perto da conquista da Libertadores (nem uma semifinal o Palmeiras fez no período) a era Palmeiras/Crefisa entrega muito menos do que se propõe. Esta é a verdade...


Também é inegável, que mesmo com todos estes “tropeços”, o gigante Palmeiras permanece com uma marca valiosíssima, fortes parcerias, equilíbrio financeiro, organização, uma torcida imensa, estrutura de primeiro mundo com estádio e CT luxuosos etc... Que consiga se valer e otimizar esta gama de recursos para render tudo o que pode, já a partir de 2020!

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

As “paraibadas” que colocam o Brasil no topo do mundo

Com todo respeito e admiração aos outros atletas (medalhados, ou não), mas vamos falar a verdade, né?? Os dois maiores momentos olímpicos brasileiros até agora lá na “Terra do Sol Nascente” foram Par

 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!