O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

IMORAL- O dia em que Sílvio Santos violou o Estatuto da Criança e do Adolescente em rede nacional...

Apresentador perguntou a uma criança de 8 anos de idade se ela preferia: SEXO, DINHEIRO OU PODER...



Aquele senhor, detentor do SBT, que colocou seu conglomerado de TV integralmente a serviço desse desgoverno e dessa hipocrisia reinante no país, semanalmente profere absurdos sem tamanho!!


Além do "povo de bem" e guardiões dos bons costumes, Sílvio Santos se vale da blindagem que a sua posição quase divinal de "maior comunicador da história do Brasil" impõe sobre alguns. Eu não aceito essa concessão, nem a ele, nem a ninguém!!


Machismo na mais alta essência primitiva, todo domingo na TV... isso já depõe bastante contra o cidadão, mas fazer suas gracinhas de cunho erótico com uma criança?? As pessoas de bom gosto que não perdem tempo do seu precioso domingo vendo aquele circo anacrônico e não assistiram a cafajestice, faço as vezes de apresentar o abominável: durante um quadro, ao premiar com dinheiro uma criança de apenas 8 anos de idade (isso mesmo, 8 anos de idade), Sílvio Santos, sem qualquer pudor, perguntou a menor se ela preferiria “SEXO, DINHEIRO, OU PODER?”.


Fato, é verdade, que isso aconteceu em 2016. Mas o episódio voltou a tona no último sábado, quando o youtuber Felipe Neto, fez o resgate em uma postagem. Quem diria, que grata surpresa o ídolo teen, personagem menosprezado pelos cults brazucas, talvez seja hoje o mais contundente estrategista no desmonte dessa canalhice nacional!!


Mas, como incita a publicação do Felipe, o que salta aos olhos são os questionamentos: Cadê aquela turba colérica que bradou contra uma quase dezena de espetáculos com nudez, forjando inclusive pedofilia, propagando injúrias, promovendo e incitando censura, quando na verdade se tratavam de apresentações artísticas com censura por faixa etária, goste você, ou não do conteúdo?? A opção simples sempre esteve ao alcance.... bastava não ir...


A esses tais moralistas devo dizer que a mesma saída de ignorar não se aplica ao episódio de ontem. Uma TV pública é concessão, com regras e premissas muito claras sobre o teor abordado! Mais que isso, a TV convencional, caso.desse famigerado canal SBT, é sinal democraticamente aberto e acessível a todos os brasileiros, portanto sem distinção de classe, cor, quiçá faixa etária!! Vou além, por aí só, o "senhor mídia" violentou uma criança de apenas 8 anos de idade. Sim, meus caros, VIOLENTOU! Imagina um cidadão na rua abordar sua filha, seu filho com um comentário do tipo?!?! Aliás, a escola, o colégio não podem tratar de “sexualidade” com crianças de 10 anos de idade, mas o apresentador “amigo das minhas idéias” pode despejar esses impropérios em cadeia nacional?!?! A abordagem, o esclarecimento da temática nas escolas serve inclusive para a criança saber quando um tratamento de um adulto, mesmo que já idoso, mas indecente como o conceituado apresentador, é inadequado!


O detalhe, bastante oportuno, e que pinta de cores ainda mais absurdas relembrar este episódio, é o fato do referido ter voltado a tona neste domingo, 06 de outubro, dia em que, no Brasil, se realizou eleições para definição de milhares de Conselheiros Tutelares, aqueles profissionais responsáveis por fiscalizar o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente, zelando pela proteção dos menores e orientando pais e mães...

35 visualizações0 comentário
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!