O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

Notícias do reino onde a vacina é a origem de todos os males


Seu Petrúcio alega sentir comichão nas pernas...


Dona Ana, do nada, apresentou queixas de ardência nas costas...


O jovem Antônio diz que, desde então, passou a ter calafrios e suar em bicas...


Dia desses vi uma nonagenária cravar que passou a conviver com perda de memória.


Veja bem...


De imediato, sugeri o óleo de canabidiol para deixá-la de “cuca fresca”.


Mas, o que estes relatos têm em comum??


Todos são depoimentos, que ouvi, pessoalmente, ou via mídia e sempre de vítimas imaginárias da vacina.


Impressionante como tem mazelado atribuindo males corriqueiros e da sua sequência de vida natural as vacinas contra o novo Coronavírus!!


Perdão aos afetados, mas toda pereba, quizila, caroço, furúnculo, creca, ferida aberta, ou fechada, dor no dedinho, remela, até gôta é efeito colateral da vacina?!?!


Um monte de gente influenciável, muitas das vezes, na verdade, hipocondríacos contumazes, sedentos por qualquer “dedo” inflamado para legitimar suas neuras.


Outros, simplesmente, espíritos de porco, ignorantes, adeptos do negacionismo, anti-ciência, que criam, ou embarcam em teorias próprias para dar algum movimento às vidas insossas, mexerem com as medíocres existências.


A estratégia de transformar o antídoto em veneno alimenta esta onda obscurantista que se espalha pelo mundo, inflama os neuróticos, confunde os ingênuos, desnorteia os desinformados.


Oxe, mas você não gosta de contestar as coisas? Não era apelidado do “baixinho revolucionário”? (alô gordão, aquele abraço).


Bom, eu sou total adepto da inquietude, questionamentos, contracultura, revolução comportamental, negação as convenções sociais, mas não tem nada mais estúpido do que negar a ciência estabelecida, ir de encontro a estudos consolidados, se opor ao embasamento empírico! Principalmente se nem são campos do meu conhecimento e com lastro tão grande de aval mundial da comunidade científica.


Isso é apenas orgulho da própria tapadice!


Aliás, Umberto Eco escapou de nem estar vivo mais para ver, na prática, o ápice, momento máximo do que o próprio tratou como a formação da “legião de imbecis” através das redes sociais.


Logo aparece o asno envaidecido para citar Olavo de Carvalho!


Estou falando de filósofo, cidadão. F-I-L-Ó-S-O-F-O!


Mais curioso ainda é perceber que boa parte, se não a totalidade (afinal Nelson Rodrigues já dizia que “toda unanimidade é burra”) se engajou em kit anti-Covid. E nesse caso nada mais adequado, afinal, burrice é uma marca desse povo que se orgulha da própria feiúra no sentido não estético da coisa- me ajuda aí Caetano...


Deixando de arrudeio, a imensa maioria dessa espécime anti-vax, que fala sobre segurança, garantias e bla bla bla, é aquela turba que correu, alucinadamente, atrás de cloroquina, encheu o... de ivermectina quando o líder da seita cantou a pedra de salvação contra a Covid.

Aí agora, me vem dar roupagem teórica? Tentar dar embasamento a sua tese alienada, teleguiada de ser contrário a vacina? Fiquem aí com sua Terra chata.


Agora, me faça uma garapa com boa dose e meta a agulha aí, que quem debate com doido é mais doido ainda.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!