O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

O Brasil é um "sitcom"


Já é lugar comum dizer que nem o mais criativo roteirista seria capaz de imaginar essa comédia non sense que virou o Brasil.


Já tomamos na Mamadeira de Piroca, nos educamos com Kit Gay...


Equilibramo-nos na ponta da terraplana, tomamos vacina pra virar jacaré, o presidente tentava enfiar goela abaixo de uma ema a porra da caixa de cloroquina.


Teve ministra vendo Jesus na goiabeira.


Mas o principal, escapamos da invasão de exército comunista pela Amazônia...


Até agora!


Atualmente o Teatro do Absurdo ganhou nova estética.


É prestação de continência e Hino cantado à capela para um pneu.


Isso, um monte de celerado em torno de um objeto redondo borrachudo com um furo no centro.


Uma marcha de aloprados se espalhando pelo Brasil.


Uns patetas com índice cognitivo abaixo de zero, senso de ridículo nulo, sem qualquer

desconfiômetro” se amontoando em frente a quartéis, avenidas.


-Você está protestando pelo quê?- pergunta o repórter.


-Quero um Brasil melhor- responde o desconexo cidadão.


-Mas está ruim agora?- insiste o intrépido profissional.


-Quero um Brasil melhor- replica cheia de autoconfiança no nada o anônimo Salvador da Pátria.


Depois de mais duas, ou três tentativas, o repórter desiste. Claro, não pode mandar o dito cujo se arrombar, no ar, ao vivo.


Melhor se conter.


Que pena.


Teve ainda uns fanáticos se pendurando em caminhões pra dar um rolê intergalátíco.


"Tu cai daí, infeliz"


O maior meme da humanidade.


-Em defesa do Brazzzzziiiiillll.


Ah, me faça uma garapa.


Essa galera junta, em marcha de arrudeio, igual cachorro correndo atrás do próprio rabo,

empunhando bandeira como se fosse um objeto fálico, entoando hino nacional como integrantes de seita religiosa...


É tão tosco, tão grotesco, que o quadro dos Trapalhões com Didi e o Sargento Pincel perde em termos de cinema pastelão.


Aliás, que saudades do tempo em que humor de massa nacional era Trapalhões, Chico Anysio, Casseta e Planeta...


Quem materializou estas esquetes?


Levaram Seu Creisson a sério.


Intervenção Psiquiátrica já!!


E você acha que já viu de tudo??


A última boa nova desse país chamado Brasil é a indicação de comediante para futuro presidente nacional por aquele grupo de fedelhos que ajudou a apertar o botão de start para esse freak show!?!?


Sim, o MBL, aquele pântano que surgiu aliciando jovens através de uma rede de fake news padronizada, com linguagem moderna já lançou Danilo Gentili para 2026.


Em evento do movimento, realizado em São Paulo neste fim de semana, a camisa do comediante foi o item mais vendido.


Gentili é aquele humorista sem graça, apresentador do “The Noite” na TVS, digo SBT, parceiraço de Roger do Ultraje a Rigor é o nome forte desta tal juventude, que se diz consciente nacional.


O MBL, por sua vez é o partido do Deputado Federal Kim Katagury, o "japonês" que defende a existência de núcleos nazi e neonazistas como liberdade de expressão.


Lá também se abriga o Holiday, aquele vereador paulistano, negro, contra as cotas e a favor da meritocracia.


Ah, nas hostes do partido também nasceu aquela aberração do “Mamãe Falei”...


O tal Arthur do Val, imortalizado após viajar a guerra da Ucrânia, basicamente, para assediar ucranianas vulneráveis.


Deve vir daí, desta incursão do MBL à Ucrânia, a ideia de ter um humorista presidente da República...


The Zuêra never ends!

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!