O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

O REI DO NORDESTE VESTE 3 CORES!!


Hoje tem mais resumo dos destaques do ano no futebol brasileiro...


E a “bola da vez” é o Fortaleza, o nordestino mais bem sucedido ao longo de 2019!


Campeão Estadual, Nordestino (pela primeira vez na história) e melhor colocado da região na série A, o tricolor cearense viveu, talvez o melhor ano de toda a sua centenária vida.

Dois títulos, a melhor posição histórica no cenário nacional e uma suada, disputada eliminação para o campeão da Copa do Brasil, Athletico-PR.


No brasileirão, aliás, o “Leão do Pici” conseguiu um feito histórico ao alcançar sua melhor campanha na era do campeonato nacional nos formatos a partir de 1971 (antes havia sido vice-campeão na Taça Brasil).


Arrisco ir além e cravar que, fora o Flamengo campeão, o Athletico-PR, quinto colocado e o Santos de Sampaolli vice-campeão, o grande destaque, “maior conquista” desta edição do Campeonato Brasileiro de Futebol foi o Fortaleza, visto que, na primeira parte da tabela, todos os outros estavam em posições, ou previsíveis, dentro do que se esperava das agremiações, ou abaixo do que se projetava, portanto frustrando suas respectivas torcidas.


Na campanha do Brasileirão o Fortaleza desbancou rivais nacionais e nordestinos com folha salarial muito maior que a sua, como o tricolor idêntico, Bahia com custo mensal quase 3x superior, ou o “inimigo caseiro” Ceará, que já chegava a segunda temporada seguida na primeirona e também detinha mais poder de investimento.


A marca do Fortaleza ganha mais relevância quando lembramos que este mesmo clube há pouco tempo passou mais uma longa jornada na série C (em apenas uma destas desesperadas trajetórias foi quase uma década na terceira divisão nacional). Sofridas eliminações em casa, no último jogo, com Castelão cheio, contra equipes pouco expressivas (Macaé), frustrando a sua fanática torcida, sedenta pelo soerguimento do time do coração.



Nessa mesma edição de 2019 do Brasileiro o Fortaleza chegou a figurar na margem da zona de rebaixamento por algumas rodadas, além de sofrer com uma repentina/brusca ida e vinda do seu comandante. Símbolo desta retomada e crescimento do Fortaleza, Rogério Ceni surpreendentemente deixou a capital cearense, em meio ao Brasileirão, para uma rápida e fracassada aventura de 10 jogos no Cruzeiro, voltando logo em seguida para se redimir e reaquecer a devoção da torcida tricolor, comandando uma reação impressionante do “Leão do Pici” nos 10 últimos jogos, com 70% de aproveitamento, melhor ataque e quarta melhor campanha no período.


Tudo isso emoldurado por uma estrutura física em processo de modernização e colorido por uma torcida apaixonada, festiva e fiel (juntos os dois clubes cearenses colocaram o estado como a melhor média de torcedores pagantes do futebol brasileiro).


Fato inconteste é que o Fortaleza voltou de vez ao grupo seleto dos grandes nordestinos e, agora, disputando palmo a palmo o real protagonismo e topo regional, há décadas sendo revezado entre o “trio de ferro” local: Bahia, Sport e Vitória...

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!