O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

Quando o golpe fez trovejar na terra da garoa!

Há seis anos eu estava na maior cidade do país, palco das mais volumosas manifestações. Escrevi à época acerca das minhas impressões sobre o episódio que mudou os rumos da nação. Transcrevo na íntegra abaixo, sem alterações, buscando manter a fidedignidade do momento.



São Paulo é um lugar único, fascinante, mas o pior local para estar neste farsante 17 de abril. A Paulicéia parece ter concentrado toda a cólera cega e manipulada destes dias. Se deixou contaminar e despiu-se do que a faz maior e mais intensa, a diversidade, o conflito de idéias, o bom debate. Virou terreno fértil para o fascismo, a hipocrisia e a ausência analítica.


Nas vitrines dos prédios faixas enormes estampavam "impeachment", nos canais do Tietê a tinta branca reluzia o mesmo lema. Já em meio a votação, no táxi, o senhor condutor sintetizava este insano furor coletivo. Já nos recebeu com dois rádios ligados e vibrava a cada voto favorável ao impeachment na mesma irracional proporção de um gol do seu Corinthians!


"Pela nação, pela família, pela ética, pela minha mulher- acreditem isso se repetiu em alguns votos." O mesmo taxista ao passar pelo "Vale do Anhangabaú" dispara: "Dez gatos pingados pagos para defender a Dilma e o PT. Na Paulista, tem um milhão a favor do impeachment".


A viagem prossegue, tento me conter, afinal não há diálogo sob a atmosfera da ira. Não resisto e, seguindo ou buscando alguma lógica e coerência no discurso do meu interlocutor, pergunto se os manifestantes da Avenida Paulista então seriam por associação defensores do Temer??


Ele afirma de forma contundente e já exaltado que "não", ao que complementa que "querem, assim como ele, apenas expulsar o PT e acabar com esta ladroagem".


Insisto que este esquema de ladroagem, corrupção é histórico, endêmico no Brasil, bem além de um partido escolhido como “bucha de canhão”. E, curiosamente, o esquemão, em qualquer governo, sempre teve participação direta do PMDB e este assumirá a presidência com Michel Temer.


Ele, sem disfarçar a irritação, responde resignado que "Temer resolveu mudar, também lutar contra este governo".


Fim de papo, entre eu e o taxista e na votação da Câmara dos Deputados!


O golpe, ou o impedimento da Dilma, o grande pacto nacional " pelo fim da corrupção no Brasil" foi aprovado.


O ódio ao PT deixou surda e cega uma nação. Alimentados por erros reais deste partido, mas inflamados por uma mídia golpista, urdidos por uma vingança furiosa, os brasileiros não se aperceberam que, tal qual a história de sempre, serviu de massa de manobra, instrumento de "jogo de poder". Sem se dar conta o povo entrou em uma encruzilhada, achou que lutava contra a corrupção passando procuração a uma casta de criminosos capitaneados pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.


Triste Brasil!!

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!