O BURACO DA FECHADURA

rabiscos, escrevinhações, achismos e outras bobagens

Buscar
  • marcosthomazm

UM SALVE ESPECIAL AOS ASTROS OCULTOS DA FESTA

Atualizado: Set 14


A soma de braços, pernas e mentes envolvidas no Festival de Música da Paraíba não caberia em um simples enquadramento.


A multiplicação de esforços de quase uma centena de pessoas para viabilizar um evento deste porte não tem dimensão adequada a uma mera fotografia.


Nenhum registro estático, ou mesmo em sequência, é capaz de captar a dinâmica, esforço, dedicação quase integral despendida por dezenas de pessoas para fazer com que tudo corra próximo ao ideal.


Três órgãos diferentes na realização, mais outros no suporte, além de serviços terceirizados contratados.


Tradicionalmente para não incorrer em injustiça, esquiva-se da citação de nomes diretamente, e em um processo desta dimensão, o risco se exponencia.



Mas tomo a liberdade de tentar representar a Empresa Paraibana de Comunicação, através da nossa diretora-presidente, Naná Garcez (naturalmente apoiadora, incentivadora e entusiasta interna do projeto) e agradecer a cada um direta, ou indiretamente envolvido no evento.


A toda a turma da Funesc com sua multisetorialização, know how, critério, esmero no trato, condução de eventos artísticos, desta e de outra natureza. Da dupla que domina o palco e organiza tudo lá em cima a turma dos camarins, receptivo aos jurados, organização geral. Dos zeladores, fiscais de controle de acesso (responsável por embebedar nossas mãos de álcool a cada 5 segundos) ao meu vizinho, até então desconhecido, a quem cabia deixar os apresentadores, essa dupla especial, ainda mais belos e reluzentes que o natural.


À Secretaria de Comunicação pela parceria na divulgação e confiança no projeto.


À Codata pelo desenvolvimento do sistema de votação seguro e impecável e suporte a internet disponibilizada no local do evento.


À PBGÁS pela confiança e aposta no projeto.


À toda a equipe de transmissão do streaming pelo primor e qualidade high-tech das imagens.


Aos fotógrafos, responsáveis pelos registros eternizando os momentos apoteóticos.


À banda base pelo profissionalismo, sensibilidade, mergulho nos sonhos individuais, ou em parcerias, de cada intérprete, autor ali representado. Vocês foram a mola propulsora do evento.


À equipe de som pelo serviço de altíssima qualidade. A sensação era de captação em estúdio.


Mas, como não poderia deixar de ser, o agradecimento mais especial de todos vai para os companheiros da Rádio Tabajara/EPC, os que dão sustentação para cumprimento da nossa demanda na empreitada. Vocês estão cada vez mais afinados e, literalmente, trabalhando por música. Pura satisfação tê-los como colegas de trabalho, companheiros de jornada. Da dupla de mídias, passando pela técnica, gerência de programação, diretoria da Rádio, nosso time de motoristas, operadores, o cuidado dos serviços gerais, portaria, comercial, marketing, RH, secretaria etc e tal. E claro, meu habitat natural, cercado, entre os meus, a Redação da Rádio Tabajara, onde fica o povo um pouco mais elegante que os outros.


Obrigado pela parceria e engajamento. Vocês me orgulham demais. Sintam-se todos abraçados.


E valeu a pena. O trabalho coletivo resultou em mais uma excelente vitrine da riqueza sonora e fertilidade criativa da música produzida em solo paraibano. Como você pode conferir no texto abaixo:


https://www.marcosthomaz.com/post/festival-de-m%C3%BAsica-da-pb-vive-apoteose-em-noite-de-pr%C3%AAmios

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
 
pexels-photo-776153.jpeg

ENTRE EM CONTATO

Suas informações foram enviadas com sucesso!